Artigos Profissionais Convidados


Essa Semana teremos a "Dica da Nutri" 


Viviane Rulli Craveiro
Nutricionista 
CRN 28929


Alimentos Essenciais para o Adequado Desenvolvimento Neuropsicomotor e Cognitivo da Criança

Boa Tarde querida Dra. Flávia e seus leitores!


É um enorme prazer estar de volta neste blog fantástico e trazer-lhes conhecimento e informações importantes. Este mês vocês conhecerão os nutrientes extremamente importantes para o adequado desenvolvimento neuropsicomotor e cognitivo da criança.

A vida intrauterina e a primeira infância são consideradas períodos críticos em nossas vidas, pois há maior suscetibilidade para o desenvolvimento de carências nutricionais que podem contribuir para a formação inadequada do sistema nervoso central, comprometendo o desenvolvimento neuropsicomotor e cognitivo.

Você conhece o termo imprinting metabólico (programação metabólica)? Para quem ainda não ouviu falar, este termo refere-se a esse período crítico, o qual, se tivermos alguma carência nutricional, pode refletir ao longo de nossas vidas. Ou seja, a vida dentro da barriga da mamãe, a amamentação os primeiros anos de vida são cruciais para a nossa saúde.

O papel da alimentação correta é essencial para o crescimento físico e desenvolvimento neuropsicológico adequado. Para isso, é necessário conhecermos os alimentos fontes de ômega 3, ômega 6, zinco, ferro e vitamina A, que merecem um destaque especial, pois a carência destes nutrientes pode comprometer o crescimento e o desenvolvimento infantil.

Como já vimos no artigo anterior, o leite materno é o principal alimento que nos fornece todos os nutrientes necessários até os seis meses de vida. Após este período, faz-se necessária a introdução de alimentos complementares para suprir nossas necessidades energéticas e nutricionais, porém, deve-se ressaltar que o aleitamento materno deve ser mantido até os 2 anos de idade.

Abaixo, conheçam os principais alimentos que oferecem os nutrientes essenciais para o adequado desenvolvimento cognitivo e neuropsicomotor da criança:
* Alimentos fontes de Ômega 3 (ácido linolênico): peixes de águas frias e profundas (salmão, sardinha, truta, arenque, cavala, atum, bacalhau), frutos de mar, óleos (linhaça, canola e soja), cereais (aveia e arroz), leguminosas (feijão, ervilha e soja) e nozes. Embora as hortaliças apresentem pequenas quantidades devido ao seu baixo conteúdo de gorduras, o consumo de vegetais, como agrião, couve, alface, espinafre e brócolis podem contribuir para elevar a sua ingestão, principalmente em dietas vegetarianas.
* Alimentos fontes de Ômega 6 (ácido linoleico): Sementes oleaginosas e óleos (canola, soja, milho, girassol, prímula), carnes, aves e ovos.
* Alimentos fontes de vitamina A: fígado, manteiga e queijos e os alimentos ricos em betacaroteno (provitamina A) - vegetais verde escuros como o brócolis e o espinafre e os vegetais amarelo-alaranjados como cenoura, melão e manga;
* Alimentos fontes de ferro: carnes e fígado,
* Alimentos fontes de zinco: clara de ovo, frango, ostras, mariscos, carnes vermelhas e fígado.